Nos artigos anteriores aprendemos a configurar nosso ambiente para executarmos aplicativos híbridos com o Ionic Framework e a criar uma aplicação básica usando o template sidemenu que o Ionic provê para facilitar nosso trabalho. Agora vamos aprender a criar uma conta na Google Play e a publicar nossos aplicativos.

Instalando o Android SDK

Caso você ainda não tenha instalado o Android SDK será preciso fazer isso antes de qualquer etapa seguinte, pois é através dele que vamos gerar o build de nossa aplicação. Para baixarmos o sdk basta abrirmos o browser e ir até o endereço http://developer.android.com/sdk/index.html. A tela exibirá o Android Studio, mas este não será necessário baixarmos, já que estamos desenvolvendo aplicativos híbridos com o Ionic Framework. Então clique no link Other Download Options. Esse link nos levará até o download do Android SDK, que é o conjunto de ferramentas que precisaremos para fazer o build.

Download do Android SDK

Baixe a versão adequada para o seu sistema operacional e siga o passo-a-passo da instalação.

Criando uma conta de desenvolvedor na Google Play

Agora que temos o Android SDK instalado chegou a vez de criarmos uma conta de desenvolvedor na Google Play. Sem essa conta não será possível publicar seu app. Ainda no browser, digite a url a seguir: http://play.google.com/apps/publish. A tela do Google Play aparecerá e caso você ainda não esteja logado com uma conta do Google será a hora de logar ou criar uma nova conta Google. Vale lembrarmos que essa conta não é necessariamente uma conta Gmail.

Google Play

Selecione o checkbox do Contrato de distribuição do desenvolvedor do Google Play e clique no botão Continuar pagamento. Nas próximas telas você deverá selecionar um meio de pagamento e caso ainda não tenha nenhum, será necessário que você cadastre um cartão de crédito. Observe que o preço para se criar uma conta na Google Play é de 25 dólares e esse valor só precisa ser pago uma única vez. Na Apple o valor é de 99 dólares ao ano.

Google Play  Google Play

Uma vez inseridos os dados do cartão de crédito, clique no botão Salvar e continuar para prosseguir com a criação da conta. Clique agora no botão Comprar. Será exibida uma nova tela onde você deverá informar os detalhes da conta. Pronto, agora temos criada a nossa conta de desenvolvedor Android!

Adicionando a plataforma Android ao projeto

Nos exemplos anteriores nós não adicionamos a plataforma Android ao nosso projeto, portanto, chegou a vez de fazermos isso. Abra o Command Prompt no Windows ou o Terminal no Linux/Mac e digite o comando:

cordova platform add android

cordova platform add android

Agora que adicionamos a plataforma Android ao nosso projeto, vamos gerar o build. Para tal, execute o comando abaixo:

cordova build android

cordova build android

Preparando o aplicativo para ser submetido à Google Play

Na imagem acima podemos notar que foi gerado um arquivo apk de nome android-debug.apk. Esse arquivo é a nossa aplicação Android propriamente dita. Uma observação é que ele foi gerado para debug, e portanto, não poderemos publicar essa aplicação na Google Play da forma que está. Para tal precisamos gerar um build de release. Ainda no Command Prompt ou Terminal, execute o seguinte comando:

cordova build --release android

cordova build --release android

Gerando o certificado

Pronto, agora temos um aplicativo compilado para release, mas ainda não é possível publicar o aplicativo na Google Play, pois apesar de ter sido gerado para release, o apk não está alinhado nem assinado. Para assinar  o apk é preciso gerar uma chave criptográfica. Essa chave é gerada através da ferramenta keytool do java. Vamos digitar o seguinte comando no Terminal ou Command Prompt, de acordo com seu sistema operacional:

keytool -genkey -v -keystore minha-chave.keystore -alias alias_name -keyalg RSA -keysize 2048 -validity 10000

keytool

Esse comando gerará um arquivo chamado minha-chave.keystore. Não perca esse arquivo e não esqueça a senha dele, caso contrário você não conseguirá mais atualizar seu aplicativo. Observe que para a geração da chave são solicitadas algumas informações como a senha e a confirmação da senha, o seu nome e sobrenome, a empresa, a unidade organizacional, a cidade, o estado, o país e a senha para o alias. Caso você pressione <ENTER> para a senha do alias, a mesma senha da chave será atribuída. Eu costumo utilizar a mesma senha para facilitar o processo. Como mencionei, é de extrema importancia que você salve esse arquivo e a senha em mais de um lugar para evitar problemas futuros.

Observe que a chave foi gerada através do comando keytool passando o parâmetro -genkey. O parâmetro -keystore define o nome do arquivo da chave. O -keysize, o tamanho da chave (aqui definimos com 2048 bits). O -keyalg define o algoritmo da chave (RSA). O -keysize, o tamanho da chave e o -validity, a validade do certificado (10.000 dias).

Assinando o APK

Agora que geramos a chave precisamos assinar o apk de release. Para tal, vamos digitar o comando abaixo:

jarsigner -verbose -sigalg SHA1withRSA -digestalg SHA1 -keystore minha-chave.keystore platforms/android/build/outputs/apk/android-release-unsigned.apk alias_name

jarsigner
Aqui passamos como parâmetro a chave que acabamos de gerar com o comando keytool e o arquivo apk de release. Observe que será necessário informar a senha da chave.

Alinhando o APK

O último passa antes de submetermos nosso aplicativo é fazer o alinhamento dele. Vamos executar o comando zipalign que vem junto com o android sdk:

zipalign -v 4 platforms/android/build/outputs/apk/android-release-unsigned.apk MeuPrimeiroApp.apk</pre>

zipalign

Pronto, agora temos nosso aplicativo preparado para ser publicado na Google Play!

Publicando nosso aplicativo na Google Play

Agora que executamos todos os passos necessários para preparar nosso aplicativo para publicação, vamos de fato publicá-lo em nossa recém criada conta de desenvolvedor de aplicativos. Vá novamente até o endereço https://play.google.com/apps/publish/ e clique no botão Adicionar novo app.

adicionar

Uma nova tela se abrirá solicitando que seja informado o idioma padrão e o título do app, conforme a tela abaixo:

novo app

Após digitar o título do aplicativo clique no botão Enviar APK.

enviar apk

Agora localize o arquivo MeuPrimeiroApp.apk e arraste até a tela, como mostra a imagem acima.

apk enviado

apk

Pronto, o aplicativo foi enviado com sucesso. Veja na tela acima que foi feito upload da versão 0.0.1 de nosso aplicativo e que essa versão é compatível com 7528 dispositivos Android. Observe o botão Alternar para o modo avançado, uma vez clicado, você será levado à uma tela para enviar mais de um apk para a Google Play, dessa forma é possível segmentar seu aplicativo, por exemplo, smartphones Asus usam chips da Intel, que não são compatíveis com chips ARM, assim você pode fazer upload de uma versão específica para esses dispositivos. Veremos em um artigo posterior uma situação que usaremos esse recurso.

Agora precisamos preencher as demais informações. A primeira tela que temos que preencher diz respeito aos detalhes do aplicativo. Preencha todos os campos com *, pois estes são de preenchimento obrigatório e a ausência de algum deles impedirá que nosso aplicativo seja publicado.

detalhes

Nosso próximo passo será adicionar as imagens e vídeo referentes ao aplicativo. Algumas dessas imagens são obrigatórias, outras opcionais, mas aconselho vocês a adicionarem o maior número possível de recursos gráficos, pois eles servem de marketing para o seu aplicativo. Uma dica é evitar o uso de screenshots, use esse recurso para promoção de seu app. Caso queira, dê uma olhada no meu aplicativo Renda Fixa, você verá que estamos explorando bastante esse recurso para atrair mais leads para o aplicativo, tornando-o algo agradável para os possíveis usuários.

imagens

Agora que adicionamos nossas imagens e vídeos para promover nosso app precisamos criar a categorização e preencher os detalhes de contato, a fim de que ele seja devidamente criado e categorizado corretamente. No primeiro campo, devemos escolher se ele é um aplicativo ou um jogo, depois escolhemos a categoria de fato, o meu aplicativo, por exemplo, está categorizado em Finanças. Após essa etapa preencha as suas informações para que os usuários possam entrar em contato com você em caso de dúvidas ou problemas com o app.

categorizacao

Na próxima etapa devemos definir se nosso aplicativo será pago ou gratuito e também em quais países ele estará disponível para comercialização, mesmo que seja gratuito.

preco

No nosso caso, o aplicativo será gratuito, já que não passa de uma versão de demonstração, mas para seus futuros apps você deverá pensar em uma estratégia de monetização. Existem várias formas de se ganhar dinheiro com um aplicativo, a mais comum é a monetização através de AdMob, entretanto, essa forma está caindo em desuso, pois hoje em dia existem uma série de bloqueadores de propagandas para smartphones. Outra forma é o chamado freemium, onde o usuário baixa uma versão do seu app e para liberar funcionalidades dentro dele é necessário fazer uma assinatura ou comprar um pacote.

Agora vamos selecionar os países que ele será comercializado. Considere bem os possíveis mercados, pois seu aplicativo só será visível nas lojas dos países que você definir.

distribuicao

Caso seu aplicativo tenha vendas internas através de In App Billing, você deverá definir os produtos integrados dentro da Google Play, como a tela que segue abaixo.

compras

Pronto! Agora temos nosso aplicativo preparado para ser publicado, pois todas as obrigatoriedades foram concluídas.

Conclusão

Nesse post mostrei como é simples, apesar de trabalhoso, criar uma conta de desenvolvedor Android. Além disso, mostrei também que é barato publicar aplicativos na Google Play, pois é cobrado apenas US $25.00 uma única vez, ao contrário da Apple Store que obriga o desenvolvedor a pagar US $99.00 por ano para manter a conta de desenvolvimento. Caso queira assistir minhas explicações segue o vídeo que criei com o passo-a-passo. Espero que tenha gostado desse artigo, em breve mostrarei como criar e publicar um aplicativo na Apple Store. =D

Desenvolvedor C#  atuando  na  área financeira   há  mais  de 10 anos. Especialista em segurança  financeira  com  padrões  EMV. Entusiasta  de  Python e  desenvolvedor mobile  android   nativo  e  híbrido  com  Ionic Framework  e  Cordova. Founder da  startup  Watermelon, criadora  do aplicativo Renda Fixa e Co-Founder da LightLemon, ambas startups que atuam no segmento mobile.

Facebook Twitter LinkedIn Google+ 

Comentários

comentarios