Tag archives for ASP.NET 5

Arquitetura

Criando Web.Config Seguros com ProtectedConfigurationProvider


Hoje irei demostrar como podemos criar arquivos de configuração criptografado para as nossas aplicações ASP.NET. Isso é muito importante dado que quando colocamos uma aplicação em produção não pensamos em proteger dados sensíveis deste arquivo, como uma conexão com o banco de dados por exemplo. Essa técnica visa proteger nosso Web.Config dado que nosso servidor é passível de ataque pelo simples de estar na Internet. Lembre-se a Internet é terra de ninguém então toda a preocupação com segurança é sempre válida. Caso nosso servidor seja invadido, o hacker terá que quebrar a criptografia do nosso Web.Config para saber o acesso ao banco...
Continuar Lendo »
ASP.NET MVC 5

Padronizando as Respostas JSON no ASP.NET MVC


Hoje irei mostrar como podemos padronizar as resposta JSON do nossos Controllers no ASP.NET MVC. Isso é bem útil para a criação de um padrão de respostas JSON em nossos Controllers e facilitar as comunicações AJAX. Veja só o seguinte código: Qual o problema do código acima ? A princípio nenhum mas tem um detalhe em um projeto de grande escala nós desenvolvemos diversas Actions provavelmente dezenas, centenas ou milhares e com um número grande de developers por equipe, correto ? Será que todas as equipes seguirão esse modelo de resposta ? Não está muito fácil de se quebrar...
Continuar Lendo »
ASP.NET 5

Testes Automatizados com o ASP.NET Core 1.0


Ainda em Release Candidate 1 (primeira metade de Março/2016), o desenvolvimento de soluções com o ASP.NET Core 1.0 não conta atualmente com um template específico para a criação de projetos de testes. A inexistência de tal opção pode parecer problemática num primeiro momento. Contudo, há uma alternativa capaz de atender a este tipo de demanda: a implementação de uma Class Library baseada neste novo framework. O próprio time responsável pela construção do ASP.NET Core 1.0 vem fazendo uso de testes de unidade, empregando para isto o framework xUnit.net na codificação de validações. Logo, a opção pelo xUnit.net acaba acontecendo...
Continuar Lendo »
ASP.NET 5

Novidades do ASP.NET 5: Integração com Bower, Gulp e Npm


A Microsoft vem trabalhando desde 2014 no ASP.NET 5, uma versão completamente reformulada de sua plataforma para desenvolvimento Web. Atualmente na versão Beta 7 (Setembro/2015), o ASP.NET 5 introduziu mudanças bastante significativas em relação ao modo como aplicações Web vinham até então sendo construídas. Uma destas novidades está na maneira como pacotes client-side são gerenciados em uma solução Web. A adição de bibliotecas JavaScript ou, mesmo, arquivos CSS acontecia geralmente de duas formas: A partir do utilitário NuGet, a conhecida ferramenta para busca e gerenciamento de pacotes em aplicações .NET; Através da adição direta de arquivos CSS e de...
Continuar Lendo »
ASP.NET 5

Implementando Tag Helpers customizadas no ASP.NET 5


Uma das novidades que integra o ASP.NET 5 são as Tag Helpers, as quais podem ser consideradas uma alternativa ao uso de HTML Helpers convencionais. Buscando simplificar a codificação de Views este recurso emprega, basicamente, uma sintaxe similar àquela utilizada em código HTML padrão. Na Listagem 1 encontra-se um exemplo que faz uso de Tag Helpers, assim como de um HTML Helper que integra o próprio framework MVC. No caso específico deste novo recurso, os atributos “asp-controller” e “asp-action” associados ao elemento “a” substituem uma chamada ao método ActionLink do objeto Html. Listagem 1: Exemplo de utilização de Tag...
Continuar Lendo »
ASP.NET 5

ASP.NET MVC 6 – Conhecendo as TagHelpers


Neste artigo vamos falar sobre as TagHelpers, uma nova forma de declarar os elementos Html no ASP.NET MVC 6. Quem não se lembra do código misto do ASP 3.0 (HTML + VBSCRIPT), onde tudo era uma coisa só, essa forma de escrita voltou a tona com o ASP.NET MVC 1.0 e com o lançamento da View Engine Razor (MVC 3.0) começamos a ter algo bem mais trabalhado integrando Views e ViewModels de forma mais harmônica através do processo de Model Binding. Tag Helpers As TagHelpers simplificam muito a forma de escrever o Html da View, tornando até mesmo mais atraente para os designers que antes torciam o nariz para...
Continuar Lendo »
ASP.NET 5

Novidades do ASP.NET 5: utilizando o atributo ResponseCache


Em dois artigos anteriores abordei novidades do mecanismo de cache do ASP.NET 5, com exemplos nos quais demonstrava a utilização de instâncias da interface IMemoryCache e da tag cache em Views de projetos MVC 6. O objetivo deste novo post é apresentar o atributo ResponseCache, o qual permite o armazenamento para reuso do conteúdo de uma View (considerando para isto um intervalo de tempo pré-determinado). Exemplo de utilização em uma aplicação MVC 6 Para demonstrar o uso do atributo ResponseCache será criada uma solução que faz uso dos seguintes recursos: O Microsoft Visual Studio 2015 Release Candidate como IDE...
Continuar Lendo »
ASP.NET 5

Novidades do ASP.NET 5: utilizando a tag cache em Views do MVC 6


Em um artigo anterior abordei em detalhes o novo mecanismo de cache que integra o ASP.NET 5, a partir de um exemplo envolvendo o uso de instâncias baseadas na interface IMemoryCache (namespace Microsoft.Framework.Caching.Memory). Contudo, o armazenamento de recursos em cache nesta nova versão não está restrito somente a esta alternativa. Agora também é possível a utilização de uma tag chamada cache no código de Views, de maneira que porções do conteúdo destas estruturas possam ser reaproveitadas dentro de um intervalo de tempo pré-determinado. O objetivo deste novo post é apresentar esta nova opção disponibilizada pelo ASP.NET 5, através de...
Continuar Lendo »
ASP.NET 5

ASPNET 5 (PARTE 2)


Na primeira parte dessa série, viamos uma introdução sobre as várias mudanças e novidades que motivaram o redesign do ASP.NET para o ASPNET 5. Este artigo, tem como objetivo mostrar um pouco sobre os pontos de instalação do ASPNET 5, instalação standalone do DNVM (Dotnet Version Manager) e do DNX (.NET Execution Environment) e quais pontos que precisam ser levados em consideração na escolha do tipo de versão do .NET que você utilizará no desenvolvimento do seu projeto. Instalando o ASPNET 5 no sistema operaciona Windows Apesar de muitos já terem baixado a mais nova versão do VS e...
Continuar Lendo »
ASP.NET 5

O novo mecanismo de Injeção de Dependências do ASP.NET 5


A Injeção de Dependências (em inglês “Dependency Injection”, ou, simplesmente, “DI”) é uma técnica que busca diminuir o acoplamento entre diferentes partes de um software. A questão envolvendo a noção de “acoplamento” é particularmente importante dentro da área de desenvolvimento, já que este conceito indica o grau de relacionamento entre diferentes partes de um sistema. Aplicações formadas por componentes com um alto acoplamento entre si podem acarretar dificuldades futuras de manutenção. Isto acontece porque modificações em um local específico de tais projetos implicam, quase que invariavelmente, na necessidade de alterações em outros pontos. Cenários como este tendem a se...
Continuar Lendo »
12