Muitas consultas LINQ envolvem apenas a seleção de propriedades no conjunto de objetos que se está manipulando. Este procedimento costuma se assemelhar ao uso da cláusula SELECT em uma tabela relacional convencional. Embora a prática citada seja a mais comum em aplicações .NET, há casos nos quais objetos contam com propriedades que também são coleções. E eis que surge a necessidade de se retornar os valores dos objetos-filhos. Como proceder nestes casos? Ainda assim será possível o uso de uma consulta LINQ nestes cenários. Para exemplificar isto serão utilizadas duas classes (Cidade e Estado), cuja implementação está na próxima...
Continuar Lendo »