como organizar empresa financeiramente

5 Passos para fazer uma empresa crescer financeiramente

Você é um empreendedor? Criamos para você um verdadeiro kit com os diferentes passos a seguir para criar, crescer, vender o peixe e fazer sua empresa crescer.

Do recrutamento à proteção da sua marca e ao financiamento da sua inovação, você encontra dicas e boas práticas para sair desse labirinto que é o empreendedorismo.

Nesta postagem: alguns conselhos para entender financeiramente as principais etapas do crescimento de sua empresa.

Agora, caso a sua empresa ainda sofra com a inadimplência, temos uma sugestão aqui para você.

5 passos para fazer uma empresa crescer financeiramente

Não vá muito rápido

Espere até que você tenha desenvolvido um produto ou serviço sólido, reserve um tempo para analisar seu valor agregado, seu mercado e seus clientes-alvo.

Faça um inventário do seu fluxo de caixa focando na gestão de estoque, no pagamento de seus fornecedores e de seus clientes. Se você não pode arcar com suas ambições, espere!

Antes de tudo, certifique-se de ter consolidado seu produto e seu público-alvo.

Não há nada pior do que uma oferta com defeito ou com desempenho inferior ao anunciado para sua reputação, especialmente se você estiver lançando no exterior.

Você terá então que continuar a melhorar e enriquecer seus serviços.

cuidados para empresa crescer

Além da aquisição de novos clientes, a solidez de sua proposta de valor também será um critério essencial para convencer os investidores ou seu banqueiro a emprestar os fundos necessários caso você não os tenha.

Isso forçará você a trabalhar em seu alvo e em seus canais de aquisição.

Uma análise precisa desses dois pontos também permitirá que você estabeleça seu plano de desenvolvimento: canais para fortalecer, canais para desenvolver/testar, novos produtos para imaginar para outro público… Lembre-se de alocar um pequeno orçamento para cada solução para testá-la … e então poder desenvolver, em larga escala, o mais lucrativo.

Para realizar este trabalho, uma investigação real deve ser realizada.

Pergunte aos seus clientes por e-mail ou na loja, é a melhor maneira de entender o que eles esperam de você e o que eles gostariam de comprar amanhã.

Você também pode recorrer a organizações especializadas nesse tipo de estudo.

Fique sempre de olho em suas contas

Um centavo é um centavo e isso é ainda mais verdadeiro em pleno crescimento. Claro, você terá que gastar dinheiro com equipamentos ou contratação de novos funcionários, mas isso não significa que você tenha que gastar muito, muito pelo contrário.

Em primeiro lugar, é necessário analisar o estado do seu fluxo de caixa que inclui a gestão de stocks, as suas dívidas, a análise das condições de pagamento dos seus clientes e fornecedores. Esse pode ser o momento de negociar certos contratos, de colocar a concorrência em jogo, de revisar seus processos pedindo um depósito ou até mesmo de reduzir seus estoques.

Deve certificar-se de que dispõe da quantia necessária para poder financiar todas as necessidades que irá satisfazer e possíveis pivots.

Planeje seus objetivos

Você deve estabelecer um plano provisório de suas despesas e suas receitas. Planeje amplo para compensar possíveis erros ou novas situações. Um comercial pode custar mais do que o esperado e um problema legal pode se espalhar ao longo do tempo.

Neste ponto, você precisará imaginar dois cenários. A primeira versão será otimista. Sem cair no mundo da fantasia, assuma que suas taxas de conversão serão boas e que você atingirá os objetivos de crescimento que deseja sem encontrar grandes dificuldades.

empresarios reunidos

Em segundo lugar, imagine um cenário mais pessimista onde você terá que, por exemplo, fazer um pivô ou modificar sua estratégia. O exercício é difícil, mas permitirá que você estabeleça um grande orçamento para superar as dificuldades.

Mantenha-se realista e siga o exemplo de seus concorrentes. Veja a estratégia deles e principalmente o seu crescimento, a sua evolução. É uma boa maneira de querer fazer melhor, mantendo os pés no chão.

Aproveite o tempo para recrutar e (re)estruturar o seu negócio

Aumentar sua produção, desenvolver seus serviços ou abrir um novo escritório exigirá necessariamente, em um momento ou outro, o recrutamento de novas pessoas.

Certifique-se de antemão de ter uma base interna sólida, uma organização que funcione bem e uma cultura corporativa estabelecida.

Antes de realmente embarcar no recrutamento, duas coisas devem ser consideradas: aumentar as habilidades internas e terceirizar.  Para reduzir custos, certas posições que não são essenciais no dia a dia podem ser confiadas a freelancers, por exemplo. Da mesma forma, o recrutamento interno muitas vezes esquecido pode ser uma solução ideal porque as pessoas já conhecem a empresa e sua estratégia. Então pense em treiná-los.

Considere também automatizar tarefas que podem ser automatizadas para se concentrar em habilidades essenciais e que só podem ser feitas por homens. Primeiro, tente encontrar pessoas com múltiplas habilidades.

O custo mínimo de um mau recrutamento custaria pelo menos R$ 32.500.

Além desse custo financeiro, também é a atmosfera, a lucratividade e o crescimento que podem ser afetados por esse erro de fundição. Este crescimento do quadro de pessoal será acompanhado, a curto ou médio prazo, por uma necessária reorganização da sua empresa.

Aproveite o tempo para trabalhar nos processos, por que não chamar um consultor externo, se necessário. Se o tamanho da sua empresa de cobrança e fluxo de caixa se tornar muito grande, a abertura de determinados cargos também se fará necessária: departamento de contabilidade, departamento de RH ou até mesmo um controlador de gestão.

Não se esqueça dos custos de aluguer dos seus novos escritórios ou das suas novas ferramentas de produção e do seu manuseamento.

Fale sobre você!

Poucas empresas são bem-sucedidas em conquistar clientes apenas pelo “boca a boca”. Se você quer crescer, conquistar novos mercados e se tornar mais conhecido, uma boa campanha de comunicação deve ser considerada.

O desenvolvimento de um novo site, uma versão internacional ou um blog também pode ser considerado. O marketing de conteúdo permite que você aumente sua notoriedade e estabeleça sua experiência na web. Além disso, seus artigos podem ser facilmente compartilhados e distribuídos ao longo do tempo. Trata-se, portanto, de um investimento eficaz a médio prazo.

Novamente, você pode começar com um comércio e aumentar a equipe à medida que suas necessidades mudam. Este centro também será responsável por monitorar sua reputação, um ponto essencial para tomar o pulso de sua comunidade e evitar problemas. Quanto mais você é conhecido, quanto mais você é seguido, mais você será examinado.

 

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.